Porque trazer a família para morar comigo em Portugal? III

CHEGUEI EM PORTUGAL!

lisbon-927669_1920Quando chegamos a Portugal e passamos a viver a cultura portuguesa, começamos a perceber as diferenças entre o Brasil e o Portugal. É triste observar os desequilíbrios do nosso país e por mais que gostaríamos mudar, não conseguiríamos, sem que os nossos representantes tomem a primeira atitude.

 

Quando chegamos na terra de Camões, vemos que há faixa de pedestres e os carros param e esperam para que as pessoas atravessem as ruas (CIVISMO).

Quando chegamos na terra de Camões, percebemos que os Portugueses conhecem muito mais sobre o Brasil do que nós, sobre Portugal. É espantoso e ao mesmo tempo constrangedor, quando um Lusitano aborda um brasileiro e comenta a situação política do país com nomes próprios (Michel Temer, Dilma Rousseff, Lula da Silva, Eduardo Cunha e até o Juiz da Lava Jato, Sérgio Mouro…) E eu questiono agora: Você conhece o Sr. Marcelo Rebelo de Sousa? Uma hora irei apresenta-los e este sim, é um incrível homem do povo (INFORMAÇÃO).

Quando chegamos na terra de Camões, achamos que o país está envelhecido, porque não vemos crianças nas ruas, mas depois, concluímos que o lugar da criança é mesmo na escola, e elas estão lá, o dia todo estudando (EDUCAÇÃO)

Quando chegamos na terra de Camões, vemos que a vida não é como as novelas globais e a necessidade de falar outro idioma existe, e os portugueses são bons nisto. Grande parte da população portuguesa, dominam o Inglês, o Espanhol, o Francês ou outra língua (PREPARADOS)

Quando chegamos na terra de Camões, descobrimos que a gastronomia vai muito além do famoso pastel de nata. E com o bacalhau se faz muitas receitas (Bacalhau a Zé do Pipo, Bacalhau com natas, Bacalhau a Braz, Bolinho de Bacalhau….) (RICA GASTRONOMIA)

 Quando chegamos na terra de Camões, queremos mesmo é trazer todas as pessoas que amamos para perto de nós. Afinal, beleza, cultura, história, bom clima, segurança, gastronomia, são algumas das qualidades que o país pode oferecer.

Não é referenciar que Portugal seja perfeito, porque nenhum lugar do mundo é. Mas Portugal tem algumas características nas quais podemos aprender, gostar e inspirar-se.


 

PARTIU VAMO VIAJAR?

 

Depois de conhecer as boas características do país, é a hora de decidir trazer os familiares para viver e sentir a mesma experiência.

Se você tem em mão, o TÍTULO QUE PERMITE MORAR EM PORTUGAL, deseja fazer o pedido ao SEF do reagrupamento familiar, fique atento nas informações logo abaixo.

MUITA ATENÇÃO

Trazer os documentos devidamente autenticados do Brasil, falicitará a vida de quem será inserido como um membro do titular. Os impressos necessários foram informados no artigo anterior: DOCUMENTOS

 

Quais são todos os passos? Quais são os documentos que o titular deverá apresentar?

sef01Primeiramente vá até o site oficial dos Serviços de Estrangeiros e Fronteiras e faça uma marcação online.

No dia e hora marcada disponível pela plataforma, compareça até a Delegação mais perto da sua residência.

 

São 9 documentos que o titular da residência deverá apresentar ao SEF:

  1. Passaporte válido;
  2. Visto de residência ou a autorização de residência válida;
  3. Atestado de antecedentes criminais brasileiro (este documento conseguirá fazer o pedido no Consulado brasileiro em Portugal);
  4. Certidão de nascimento em inteiro teor (apenas se o reagrupado for os ascendentes);
  5. Antecedentes criminais de Portugal (este documento consegue fazer o requerimento no Tribunal, tem o valor de 5 euros e como se trata de estrangeiros, fica pronto em 3 dias úteis);
  6. Extrato da Segurança Social (apenas aos trabalhadores por terceiros);
  7. Imposto de renda (apenas aos trabalhadores);
  8. Comprovativo de endereço (emitido pela Junta de Freguesia) Dúvidas: aqui
  9. Comprovativo de meios de subsistência (extrato bancário).

 

Quem são os familiares que posso inserir como meu dependente no título de residência? Conseguirá obter desta resposta aqui 😀

 Quais são os documentos devo apresentar no SEF de um FILHO que será reagrupado?

É necessário apresentar apenas 5 documentos, são estes:

  1. Passaporte válido;
  2. Certidão de nascimento em inteiro teor;
  3. Atestado de Antecedentes Criminais brasileiro;
  4. Foto 3×4;
  5. Antecedentes Criminais português.

 

Caso o filho seja adotado, será necessário apresentar todos os documentos mencionados acima, juntamente com a cópia da decisão de adoção reconhecida pelo governo Português.

Se o filho for maior de idade e solteiro, também é necessário apresentar os 5 documentos e o comprovante da matrícula da escola.

Se o filho for de uma relação anterior, precisará da autorização do outro progenitor em relação ao reagrupamento do filho (documento autenticado)

Quais são os documentos que devo apresentar aos ascendentes reagrupados?

São 5 documentos, sendo estes:

  1. Passaporte válido;
  2. Comprovativo de que o descendentes tem responsabilidade financeira sob os progenitores (transferências bancárias, extratos bancários, pagamentos de contas);
  3. Atestado de antecedentes criminais Brasileiro;
  4. Foto 3×4;
  5. Antecedentes Criminais Português.

Quais são os documentos que devo apresentar aos Serviços de Estrangeiros e Fronteiras para reagrupar o Cônjuge?

Apenas 5 documentos:

  1. Passaporte válido;
  2. Certidão de Casamento em inteiro teor, se for união estável deverá trazer o documento emitido pelo cartório com validade de até 6 meses;
  3. Atestado de Antecedentes Criminais Brasileiro;
  4. Foto 3×4;
  5. Antecedentes Criminais Português.

 

familia_20151106_pf

Estas informações foram úteis? Comente logo abaixo e partilhe com um amigo 😀

Já é um seguidor da página que inspira e informa brasileiros pelo mundo? Basta inserir o seu e-mail logo abaixo e receber em primeira mão e gratuitamente todos os artigos lançados no ar 😀

Aliás conhece a nossa página oficial do Facebook? Clica aqui e fique ligadinho: PARTIU VAMO VIAJAR?

PartiuVamoViajar-

Anúncios

2 comentários

  1. Jana, uma dúvida: Em relação a benefício ou facilidade de se conseguir uma permissão para trabalhar / procurar emprego legalizado, em Portugal há alguma facilidade em comparação a outros países da Europa? Pelo seu post fiquei a entender que apenas é necessário apresentar estes documentos e pronto, já se pode viver ai. É isto mesmo ?

    Curtir

    • Hello Michel! Está tudo bem? Este post tem o intuito de informar o processo de inserir dependentes a quem já possui a permissão para morar em Portugal. Segundo a minha experiência e dados que tenho sobre trabalhar e morar legal em outro país, Portugal (Europa) é o país com mais facilidade sim. Se você não tem ascendentes portugueses, o mais interessante é tentar vagas de emprego, ainda morando no Brasil. E já adianto que a sua área tem boas colocações e oportunidades. Se você conseguir uma oferta de trabalho, a empresa enviará um contrato, você dará entrada no Consulado e sairá do Brasil com o visto em mão. Esta é a melhor dica!
      Quando você viver legalmente em Portugal, por seis anos, conseguirá a dupla nacionalidade e o seu passo será ainda maior. Porque terá a liberdade de viver em todos os países que estão no Tratado de Schegen.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s