Como trazer a minha família a Portugal

Dúvidas

Em busca de uma vida melhor e segura, muitos brasileiros passaram a olhar para Portugal, como solução dos problemas. Infelizmente o Brasil está vivendo uma crise, e a familiaridade com a língua, o bom clima e a proximidade das duas culturas, tem trazido muitos brasileiros para o outro lado do oceano.

Atravessar o Atlântico é certeza para o sonho, mas a dúvida inicia quando o assunto é, VIVER LEGALIZADO

Vou para trabalhar? Vou para estudar? Vou ser um empreendedor?

A primeira dica é realmente extrair todas as informações sobre as opções de VISTO. Se você tem este objetivo, é necessário planejar e organizar todas as ideias. Muitos dizem ter um plano A e um plano B.

O que muito se vê em Portugal ou até em outros países, são brasileiros e brasileiras que idealizam a estadia em outro país, mas não se não preparam.

Mas gente! Eu vejo tantas pessoas que foram sem nada e conseguiram?!

Realmente há pessoas que tiveram SORTE e lutaram para obterem tudo que almejaram! Também há muitas histórias de gente que passam e passaram dificuldades e, acabaram frustrados com os desafios em outro país. Por isto, é sempre importante ler e buscar informações pós e contras.

Viver legalmente no país destino, será muito mais fácil para realizar todos os seus sonhos. Agora, viver ilegal em um país que não é seu, pode te gerar muitos problemas.

flag-1758718_1920

Estou em Portugal e o meu objetivo é trazer a minha família

Quando cá chegamos, percebemos as diferenças no ensino para as crianças. Por exemplo: Entram pela manhã nas escolas e no fim da tarde voltam para a casa, ou seja, o dia todo estudando (Quase não vemos crianças nas ruas). Exceto as quartas-feiras, porque normalmente chamam de “tardes livres”.

Há transportes públicos para as crianças irem até a escola, com pequenas taxas ou até gratuitos (isto dependerá do escalão da família, uma espécie de condições financeiras que é analisada na altura da matrícula).

É diferente do Brasil, que vemos as escolas públicas para crianças com menos condições. E as escolas particulares  para alunos com o melhor padrão financeiro. Em Portugal um filho de um médico e um filho de um empregado fabril, estudam no mesmo estabelecimento público e com a mesma carga horária. Geralmente estudam idiomas, fazem visitas de estudos fora da área da residência e possuem um acompanhamento especial de professores, de igual para igual.

Quando cá chegamos, percebemos que há bons preços nos supermercados. As vezes fazendo a conversão do Euro para o Real, podemos concluir que no Brasil os produtos podem ser mais caros. Claro que vamos encontrar coisas que estão no mesmo patamar, mas infelizmente a realidade brasileira que encontramos são produtos, bens e serviços com um custo muito mais alto.

Quando cá chegamos, vemos que temos condições de comprar um “carrinho” de até, 300 euros à vista. Claro que não será uma BMW, mas é um transporte para começar a andar e ter independência mediante os horários dos transportes públicos.

Quando cá chegamos, temos o desejo de trazer as pessoas que amamos para perto de nós, porque aqui, podemos andar com o melhor celular sem sermos perseguidos.

Quando cá chegamos, vemos que há NET por todos os lados, inclusive em algumas praças públicas.

Quando cá chegamos, vemos que também há pessoas más e desocupadas, mas o número é menor e isto nos gera conforto e fortalece ainda mais, a ideia de trazer a família ao “pé de nós”.

Mas é uma responsabilidade muito grande trazer os familiares para Portugal sem antes analisar a vida de um morador local. Afinal, o TURISMO é diferente de quem VIVE em outro país. Há pontos positivos e negativos como em qualquer lugar do mundo. Por isto, vamos repetir o que foi escrito anteriormente, PLANEJAR E PREPARAR-SE. Afinal é a sua família, não é mesmo?

 

lisbon-927669_1920

Tenho minha família no Brasil, sonho em dar boas condições para os meus filhos. Consigo trazer-los a Portugal e viverem legalmente?

A resposta é SIM. Se você tiver em Portugal com autorização de residência, você conseguirá trazer os familiares para reagruparem na sua permissão em Portugal.

Quem poderá reagrupar no meu título de residência?

É sempre importante ter conhecimentos das leis que te asseguram mediante ao pedido. Com base no Artigo 99 da lei 23/2007 de 4 de Julho, são considerados familiares do residente:

  • O cônjuge: Admite-se tanto quanto a união civil quanto ao regime de união estável, porém a segunda opção só é válida no período superior a 2 anos;
  • Filhos menores ou incapazes a cargo do casal;
  • Filhos adotados com decisão reconhecida por Portugal;
  • Filhos que não sejam do relacionamento em causa, porém um dos pais com a guarda da criança e a autorização do outro progenitor;
  • Filhos maiores solteiros que estejam a estudar num estabelecimento de ensino em Portugal, a cargo do casal ou um dos cônjuges.
  • Pais podem ser reagrupados por filhos, desde que se encontrem ao seu cargo;
  • Irmãos menores, desde que esteja sob a tutela do residente e que seja reconhecida por ambos países.

 

Se você gostou deste artigo e tem interesse sobre trazer a família a Portugal, fique ligado, porque iremos abordar este assunto sucintamente.

Já é um seguidor do Blog? É super fácil, basta inserir o próprio e-mail e receber gratuitamente e em primeira mão, todos os artigos que inspiram e informam brasileiros pelo mundo.

Aliás, já conhece a nossa página oficial do Blog no Facebook? Clica logo no link e seja um seguidor fiel: PARTIU VAMO VIAJAR?

PartiuVamoViajar-

Crédito de imagens Pixabay

Anúncios

4 comentários

  1. Estive em Portugal em Dezembro e todos dizem que tem um vasto mercado sou formada na, área de psicologia e psicopedagoga.e tenho uma outra Pós graduação percebi que nem tudo é tão fácil..A cidade é linda mas me pareceu cheia de burocracias..para ser legalizada e para, que se legalize nossa, documentação.Chego a conclusão que existe uma diferença entre o que falam e a realidade em quem vai morar aí..Tentei entrar no site de psicólogos não consegui..Acredito que na verdade é um.pais com muito mais pessoas desempregadas..E que passam a impressão de que estão bem

    Curtido por 1 pessoa

  2. Estou em processo cidadania como neto e pretendo ir definitivamente e legalmente, logo assim que for deferido meu processo, mas tenho muitas dúvidas que não encontro na net, pois a maioria vão a estudo ou se aventurar como turista, tentando um emprego que o segure na terrinha entre outros.
    No meu caso, consigo entrar legalmente com minha esposa e filhos sendo cidadão Português? Tenho que apresentar passagem de ida e volta, já que vou para ficar? Poderei ter problemas na imigração com meu filho e esposa?
    Difícil achar alguma orientação para estes casos…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s