Para brasileiros que sonham estudar em Portugal

Meu sonho é estudar em Portugal

Muitas pessoas questionam como é fazer um curso superior no país de Camões. E em vários posts da semana, vamos abordar este tema, com intuito de esclarecer todas as dúvidas.

Se você tiver interesse neste assunto, basta acompanhar os artigos pelo Blog e fazer o cadastro na plataforma informativa. Ao inserir alguns dos teus dados, receberá automaticamente todas as matérias no e-mail.

No Facebook e no Google+, também iremos partilhar tudo.

 

lisbon-927669_1920

– GOSTARIA DE FAZER TODO O MEU PERCURSO ACADÊMICO EM PORTUGAL. ACHA QUE EU TENHO A POSSIBILIDADE DE GANHAR UMA BOLSA DE ESTUDOS?

Meus caros, nada nesta vida é impossível, como nada cairá do céu. A boa notícia é, se você é brasileiro, existe sim, a possibilidade de concorrer uma bolsa de estudos de igual para igual com todos os estudantes da escola inserida.

– QUANDO COMEÇAM AS AULAS? E QUAIS SÃO OS HORÁRIOS?

O ano letivo em Portugal é um pouco diferente do Brasil, inicia-se no mês de Setembro e em meados de Junho, finalizam as aulas. Existe o período DIURNO (manhã) e o PÓS LABORAL (noite).

Estudantes que matriculam-se no período diurno correrão o risco de possuir aulas pela manhã, a tarde e até por volta das 20 horas. Resumindo e concluindo, o dia todo disponível.

Não é uma regra, mas normalmente, os alunos que trabalham, são aqueles que matriculam no período pós laboral.

FALANDO DE TRABALHO. EXISTE ALGUMA LEI QUE PROTEGE O TRABALHADOR ESTUDANTE?

Sim, existe. Muitos estudantes que trabalham possuem um conjunto de direitos, deveres e benefícios.

– O SERVIÇO DE ESTRANGEIROS E FRONTEIRAS DARIA UMA AUTORIZAÇÃO PARA QUE EU POSSA TRABALHAR?

Sim, tudo deve ser informado ao SEF e você terá a possibilidade de conciliar o trabalho e os estudos. Lembrando que, se o objetivo é estudar, o trabalho não poderá atrapalhar o percurso acadêmico.

PARTIU VAMO ESTUDAR?

Para ter uma noção, no ano de 2011, o Brasil foi o país que liderava o ranking com mais alunos a estudar em Portugal. Mas o ensino superior para estudantes estrangeiros, em 2015, sofreu uma alteração em que muitos interessados não ficaram felizes.

Antes de 2015, todos os alunos, sendo portugueses ou não, pagavam o mesmo valor de prestação do curso. Com as novas regras do Estatuto do Estudante Internacional, as instituições públicas de ensino, tiveram o direito de fixar valores diferenciados de propinas (mensalidades do curso) para os estrangeiros.

REALIDADE ATUAL

 passaporteQuando ingressei no meu curso numa escola pública, eu pagava mensalmente 100 euros, ou seja, cerca de R$ 332,60 por mês. Hoje, um estudante estrangeiro na minha escola paga 300 euros mensais, cerca de R$ 997,86. Muitos estrangeiros que residem em Portugal ou aqueles que desejam estudar no país, sentiram-se injustiçados com esta mudança, afinal, o valor pago anteriormente e o agora apresentado foi bem “salgado”.

OPORTUNIDADES PARA INSERIR NO ENSINO SUPERIOR

Existem duas maneiras para poder entrar no curso superior em Portugal.

  • ENEM;
  • M23.

A)O primeiro ponto não é bicho-de-sete-cabeças para nós brasileiros. O ENEM é um método que tem o objetivo de avaliar o desempenho do estudante ao fim da escolaridade. Em Portugal, os estudantes NÃO prestam o VESTIBULAR, mas para terem o acesso ao ensino superior, participam do CONCURSO NACIONAL.

A boa notícia é, com o apoio do Estatuto Internacional dos Estudantes, as universidades portuguesas passou a aceitar a NOTA do ENEM como critério de avaliação. Este novo método abriu portas para que os brasileiros entrassem nas faculdades portuguesas.

Se você prestou o ENEM nestes últimos três anos, teve uma boa nota e tem um sonho de estudar fora, é hora de correr atrás desta projeto.

Enem

O primeiro passo já foi feito, o ENEM. Depois é saber qual é o curso que realmente deseja fazer, com esta escolha em mente, é a hora de procurar as faculdades que possuem este curso. O bom destes estabelecimentos de ensino português  são que costumam responder com prontidão todas as dúvidas de um potencial aluno. Por isto, ao encontrar a escola, entre em contato, busque informações sobre a candidatura, documentos necessários para a matrícula e tire todas as dúvidas. Com os dados em mãos você não perderá tempo de se preparar e embarcar para a terra dos descobridores.

B) Agora vamos abordar o segundo ponto, o tal M23.

Este método especial para maiores de 23 anos é uma possibilidade de ingressar no Ensino Superior, em Portugal. Poucas pessoas sabem desta via de acesso, é interessante este processo. Se você já se encontra em Portugal, tem o 2º grau completo e deseja entrar numa escola superior esta é uma possibilidade. É super simples, primeiro você precisa decidir qual o curso que deseja ingressar. Depois, procurar saber se a escola que deseja estudar, possui o PROGRAMA M23. No próprio site da faculdade, você conseguirá fazer a matrícula (candidatura), horários das aulas, valores para desembolsar (o curso não é gratuito) e terá todas as informações necessárias, inclusive as datas da altura do preparatório. Cada curso possui matérias específicas, você irá escolher apenas uma que esteja disponível na grelha da escola. É um curso preparatório em que duas aulas serão dadas durante a semana e a frequência é imprescindível. O critério de avaliação passará por quatro fases específicas: Prova de Língua Portuguesa, Prova específica do curso, avaliação e entrevista. Se você tiver foco nas aulas, não faltar ao curso e estudar em casa, posso adiantar que não será difícil ter uma boa média ( + 9,5) para disputar uma vaga com os estudantes que fizeram o Exame Nacional.

phone-1052023_1920

Estes cursos são aulas dadas em algum prédio da faculdade e cada escola poderá ter valores diferentes para a inserção do curso preparatório. Fique ligado!

Sobre as matérias a serem estudadas, podem ser diversas: História de Portugal, Economia, Matemática…

É importante salientar que este método, M23, não te dará o direito de requerer no SEF o pedido de permissão para morar em Portugal, como estudante. Este processo não é um curso superior, mas sim um preparatório, costumamos chamar no Brasil, de CURSINHO.

E você está animado para ingressar no ENSINO SUPERIOR EM PORTUGAL? No próximo post, iremos abordar sobre, OS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA APRESENTAR AO SEF E FAZER O PEDIDO DE VISTO DE ESTUDANTE. Se você gostou destas informações, partilhe com os  amigos, comente logo abaixo e siga a nossa página nas redes sociais.

PARTIU VAMO VIAJAR?

 

(Crédito Imagens: Pixabay)

Anúncios

9 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s