Dia do padroeiro do amor – A história real de Fernanda e Fernando

dia-de-sc3a3o-valentim2

Esta terça-feira é dia de São Valentim, as tradicionais cartas foram substituídas e hoje, muitas pessoas utilizam as redes sociais para se declararem. No Brasil, é comemorado no dia 12 de Junho, segundo o que consta é por causa do Santo Antonio, que é conhecido como o milagroso casamenteiro, mas em outros países o dia dos namorados é celebrado no dia 14 de Fevereiro. Muitas pessoas julgam esta comemoração para fins comerciais, mas esta festividade tem raízes históricas que remetam aos rituais da Roma antiga. Valentim ficou conhecido por se opor ao imperador romano que acreditava que os homens solteiros eram irresponsáveis e servia melhor para serem soldados, logo, Valentim de forma clandestina concedia bênçãos matrimoniais aos jovens noivos.

Como hoje é a data em que os apaixonados celebram o amor, vamos contar a história de uma brasileira da cidade de Joinville que encontrou o amor da sua vida em Portugal.

PARTIU VAMO CONHECER A HISTÓRIA DE AMOR DA FERNANDA E DO FERNANDO?

16730706_1295488053807085_8035204_n

Fernanda Herculano, 34 anos, Administradora de empresas, sonhadora com os pés no chão, casada e apaixonada pelo marido.

A entrevistada conta que, quando chegou no velho continente, os objetivos eram estritamente profissionais, a meta era aperfeiçoar no Inglês, para depois inserir-se no mercado Alemão, de onde havia uma oportunidade única no crescimento profissional.

Mas algumas pessoas não imaginam como viajar dentro do território europeu tem algumas facilidades e foi em uma das viagens, que Fernanda encontrou com Fernando. Após conhecer o amado, tudo que era primordial na vida dela, tornou-se secundário, porque Ele era diferente e por Ele, ela mudaria toda a rotina e planos da própria vida.

Questiono como Fernanda conheceu o amado, «quando vim visitar Lisboa, eu estava no hotel tomando o meu café (pequeno almoço) e ele apareceu para encontrar com um cliente. Sentou-se próximo de mim, olhou, puxou conversa e neste momento trocamos contatos e continuamos nos “flertando” online»16729815_1295488400473717_885128512_n

Toda a investida do rapaz português deu certo, porque em duas semanas, Fernanda já regressava para a capital Lusitana para visita-lo. E após o primeiro encontro, houve o segundo, o terceiro, o quarto e foi se tornando frequentes ao ponto de 2 ou 3 vezes ao mês. Certa do amor que a envolvia, a entrevistada decidiu deixar todos os planos em Dublin para trás e começar uma vida em Portugal, assim ficaria mais perto do namorado.

16735878_1295486837140540_711488755_nCom 9 meses de relacionamento, eles não tiveram dúvidas que as almas não se encontram por acaso e decidiram se casar. Hoje eles são marido e mulher, e são felizes como família e familiares. Fernanda conta com alegria que adotaram um cão, com tranquilidade que o marido não sabe cozinhar e que teve que adaptar-se a nova cultura, sobretudo, do marido, porque segundo ela, a comunicação deles é bem direta e as vezes achamos que é falta de educação, mas é mesmo cultural.

A prova de interesse do esposo pela Fernanda, que na altura eram namorados, foi quando eles decidiram ficar juntos, e Fernando arrumou uma forma de apresenta-la aos amigos mais próximos e familiares « ele marcou um restaurante e convidou todos para nos apresentar como casal» conta.16730908_1295488887140335_726093668_n

Sobre desafios na Europa, ela diz «foram muitos, desde superar o medo de sacar dinheiro na rua, até acostumar andar sozinha de madrugada, coisas que no Brasil eram impensáveis. Mas o maior desafio foi “COMPARTILHAR”, porque eu fui criada como filha única, cresci de forma individualista e morar fora me ajudou muito».

Embora no início ela ter tido medo de investir nesta relação, morar em Lisboa fortaleceu todos os laços do casal «eu estou muito apaixonada pelo meu marido»

Peço para ela deixar uma mensagem aos casais apaixonados que vivem entre fronteiras «Eu digo Viva! Mesmo que seja uma ilusão, afinal se iludir também é viver. Eu não sou a favor de fazer loucuras incalculáveis, acho que a pessoa sempre tem que ter as contingências, mas se faz o SEU CORAÇÃO VIBRAR então já VALEU A PENA!»

Termino agradecendo Fernanda Herculana, por disponibilizar de uma forma tão serena e amorosa a história de amor entre ela e o Fernando Herculano.

«é a minha melhor história, por isto me casei com ele» (Fernanda Herculano)

Happy Valentine´s Day

16735587_1295489923806898_1728449135_o

E você gostou da história da nossa entrevistada? Deixe o seu comentário, partilhe com o amigo, siga o Blog. Conhece alguém com uma história de amor? Entre em contato com a gente 😉

Já conhecem a nossa página oficial do Blog no Facebook? PARTIU VAMO VIAJAR? Clica no link, acompanhe todas as novidades, certifique de regularizações e inspire-se!

#partiuvamoviajar?

Anúncios

Um comentário

  1. Tenho o prazer de conhecer este casal exemplo, que nós faz acreditar que ainda histórias verdadeiras como esta podem sim acontecer, e o segredo para que isso aconteça é o respeito mútuo entro o casal,
    como o Nando e Nanda fazem.
    Sou fã deste casal e do Fredynho o novo morador da casa.
    Feliz dia de São Valentim!!!
    Bjnhos

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s