A jovem que utiliza uma rede social para fazer viagens pela Europa / Partiu Vamo Viajar?

«Conhecer Paris era um dos maiores sonhos da minha vida, mas também o mais distante deles, pois sou de família humilde.  »

Giselle Pereira de Jesus, 25 anos, Solteira, Paulista, Gerente de projeto de TI e apaixonada pela vida. A jovem que mora hoje em território Europeu, busca aproveitar ao máximo, todas as oportunidades de viagens, baratas e acessíveis, vivendo as experiências inimagináveis que outra cultura pode lhe oferecer.

A menina do sorriso largo, diz que nunca pensou viver fora do Brasil, ainda porque, estava fazendo um processo seletivo de trabalho. E esta oportunidade, poderia garantir melhor estabilidade no futuro. Mas entre conversas com um amigo de infância, a decisão foi fluindo, e hoje, Giselle completa 1 ano, longe da cidade de São Paulo.

Assim como esta garota animada, há muitas pessoas que trocam o conforto, para viver outra realidade. Claro que no começo, sempre há dificuldades e é muito escuro sair da nossa zona de conforto, mas sempre ouvimos histórias de pessoas que trocaram tudo e ainda são mais felizes com estas escolhas. Uns podem chamar de loucura, eu denomino como: Buscando a FELICIDADE!

11133661_1035992316414135_3462370109232154850_n

Então bora conhecer um pouquinho da vida da Técnica de Informática?

#Partiu Vamo de Couchsurfing?

Giselle é muito antenada com as oportunidades e foi ainda no próprio país, que descobriu o programa chamado COUCHSURFING. Ela conta « Conheci ainda no Brasil, amigos comentaram um encontro que acontecia todas as quintas-feiras no centro da cidade de SP. Onde  eu poderia encontrar estrangeiros e praticar o inglês (que eu ainda não tinha) tudo isso em um bar, bem descontraído e “relax”. Depois de ter decidido morar fora,  resolvi conhecer. Fiz o meu cadastro na rede social e confirmei a presença no encontro, foi bem bacana. Conheci uma galerinha, porém o inglês mesmo, não falei nada. Descobri lendo no Site que as pessoas também ofereciam suas casas sem cobrar nenhum valor, achei interessante, mas um pouco invasivo e talvez perigoso, oferecer a sua casa a um estranho (pensamento retro e cultural do brasileiro).»

Mas então, o que é realmente o PROGRAMA COUCHSURFING? É caro? Como posso me inscrever? Resumidamente seguem as respostas: É uma rede social, onde podemos fazer um cadastro, com a intenção de ficar hospedado na casa de outra pessoa, que também é cadastrada no destino em que pensamos visitar. Ufa!! Parece confuso né? É uma troca cultural enriquecedora. Primeiro você vai ao link: couchsurfing.org. Leia todas as regras impostas e, se você tiver de acordo com elas, hora de fazer o cadastro. Depois de todos os teus dados devidamente preenchidos, já se pode começar os planos da tão sonhada viagem, assim como a Giselle. Brutal né? Porque esta é uma forma barata e divertida de conhecer outros lugares e pessoas de todo o mundo. E o mais legal, é pensar que você estará  dentro da casa de um nativo do país.

A entrevistada informa, que este é um meio seguro e a inscrição pelo site é gratuita. O primeiro destino da jovem foi a FRANÇA.
11666082_1088687667811266_7824000295710718886_nQuestiono como ela foi parar neste local « a princípio sem muita grana, queria realizar um dos meus maiores sonhos, conhecer Paris. Um amigo comentou que estava indo para este destino, com outra amiga brasileira que morava na Espanha. E ambos não iriam pagar a acomodação, assim sendo, me interessei e quis saber como era e se eu poderia  embarcar junto. As oportunidades não batem na porta duas vezes e esta foi a chance e a prova que esta garota tem o espírito de aventura. Em poucas horas, as decisões foram surgindo e a interessada obtendo as respostas «Essa amiga que estava organizando tudo, ficou de falar com a pessoa que iria recebê-los. O anfitrião chama-se Julien que é um francês sensacional,  ama viajar e receber pessoas na própria casa, fala 5 idiomas fluentes (inclusive o português). Para a felicidade desta aventureira, o Francês disse SIM. 10930144_830577640356960_8289667551138191722_nEmbora a viagem foi comprada para ficar cinco dias em terras francesas, com mais pessoas na residência, foi alterada para três. Mas isto nunca é problema para pessoas que estão no campo da batalha, ainda porque, grande parte dos viajantes, estão calejados e imprevistos, sempre fazem parte da rotina. E portanto, era necessário encontrar um segundo local para a acomadação « quase na reta final conseguimos um alguém que podia me receber, Anas um Marroquino que mora alguns anos na França. Fiquei um pouco receosa, pois meus amigos não iriam estar comigo nessa casa e ele não tinha nenhuma referência, mas enfim, aceitei ficar na casa dele. Acomodação fechada, era só embarcar. Chegamos em Paris! Ai quanta emoção! Flaviana minha colega de viagem, tinha tudo mapeado: endereço, transporte, todo o passo a passo que precisávamos. Foi demais, eu só conseguia ficar deslumbrada com tudo que estava acontecendo. Chegamos a casa do Julian de madrugada. Todos com fome e cansados e ele (anfitrião) se dispôs a sair com todos para comer algo e nos mostrar um pouco da cidade.

10492303_1088687107811322_7726297764461781576_n

Neste programa, a pessoa que te recebe, só precisa te oferecer o local para dormir e o espaço para tomar banho. De resto, toda a programação, desde os transportes e a alimentação fica por conta da própria pessoa. Mas este anfitrião foi sensacional para estes viajantes, porque geriu o tempo para apresentar um pouco da cidade da luz e levou-os para apreciar uma comida típica (Crepe).

Muito entusiasmada a jovem que é apaixonada pela vida, conta os dias seguintes nesta primeira viagem internacional «O Julien nos fez companhia pela manhã, fazendo mapas, dando dicas e também ofereceu degustação de queijos que ele tinha em casa, foi demais! Também tinha uma geleia super especial, feita no sul da França onde os familiares dele moram, foi muito bacana. A maior curiosidade da casa dele era a comunicação, pois ele fez uma exigência para nós, só podíamos falar com ele em Português, pois ele estava aprendendo o idioma, porem éramos todos intercambistas, com isso, ele também se dispôs a nos ajudar. Vamos a Regra: Ele respondia em inglês para quem morava em Irlanda e em Espanhol para quem morava na Espanha.10464386_1088498017834177_1910121780375101080_n Juro, na minha cabeça era maior confusão, pois eu falava em português com ele, mas quando ele respondia em inglês eu automaticamente continuava o papo em inglês e todos me lembravam, em português olha a regra. Era só risos, mas ele quase nunca falhava, virava a chave muito rápido do idioma, eu fiquei fascinada. Pior que eu também falo espanhol, realmente foi uma situação incrível e inusitada. A casa dele é maravilhosa e estruturada para receber pessoas, parecia casa de filme. Foi realmente incrível, no outro dia, chegamos dos passeios e ele estava nos esperando, foi bem bacana. Tomamos um licor artesanal preparado por ele mesmo, sentamos em volta da mesa e começamos a jogar conversa fora, foi maravilhoso.  Logo fomos dormir, pois ainda tinha uma jornada para o dia seguinte.
Ir a capital francesa normalmente inclui visitar o grandioso monumento (Torre Eifeil), conhecer o Museu Luvre, ir à Disneylandia Paris e simplesmente viver um sonho real. E esta foi a realidade que um programa de uma rede social, pode proporcionar na vida destes brasileiros.11401065_1069123316434368_741800080363409837_n

A jovem enfatiza sobre esta oportunidade « Conhecer Paris era um dos maiores sonhos da minha vida, mas também o mais distante deles, pois sou de família humilde.  Eu nunca imaginei chegar perto de realizar este sonho, já ter concluído só me fez sonhar mais e mais. Agora sei que posso ir bem mais longe do que eu imaginava. Só tenho agradecer tudo de bom que está acontecendo

Este foi só um impulso para Giselle querer viajar ainda mais, e não demorou muito para fazer novos planos para o segundo destino. Agora, a meta era mais especial, pois o desejo de comemorar o aniversário vinha de encontro com a cidade de Amsterdão. Claro que, ela recorreu pela forma mais barata, o Couchsurfing, ainda porque, à viagem à França foi sucesso total. Infelizmente não houve esta possibilidade e a decisão foi ficar hospedada em um HOSTEL. Mas isto não abalou o desejo de festejar neste local. E a primavera foi comemorada na Holanda.11811540_1106922229321143_1385059191240910581_n

A lei da vida é plantar e colher e como ela foi feliz no primeiro couchsurfing, também foi a hora de receber um estrangeiro no sofá da própria casa « recebi um Espanhol muito gente boa, ele era um jovem senhor de uns 40 e poucos anos, que adora viajar. Eu ofereci o meu colchão de ar e ele aceitou! Fiquei muito feliz em recebê-lo.»

« Ele adorou o tempinho que passou aqui. Tivemos pouco tempo juntos, pois eu tinha que trabalhar e ele passear, mas foi um hospede maravilhoso, super tranquilo, educado, organizado e ainda me trouxe chocolates. Adorei a experiência de receber um hospede do couchsurf e espero receber outros assim que possível

Peço para Giselle deixar uma mensagem aos brasileiros que por ventura, podem ter um pouco de receio de inscrever-se neste programa « Acho que não tem que ter medo, pois é uma aventura bem válida. Penso que este programa não é tão divulgado e com isso, as pessoas envolvidas, são aquelas que realmente querem fazer essa troca de experiências e levam a sério o projeto, E também, todos os relatos são reais, se alguém foi inconveniente em algum momento, ou mentiu, ou fez qualquer outra coisa negativamente, já terá uma critica e não vai ter a oportunidade de receber mais ninguém. Ou seja, será excluído das opções. Uma pessoa que se inscreve em programa desses,  acredito que realmente quer ser levado a sério, vivendo e compartilhando de toda essa aventura. Então se joguem e aproveitem!!!»

11107726_1088964777787501_1466279473222546430_n

«A vida é uma viagem louca, da qual nunca sairemos vivos, então, viva o hoje, por que o ontem já se foi e o amanhã talvez não venha!»

E você, ganhou coragem para se cadastrar nesta Rede Social?

Partiu Vamo Viajar?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s