Quem disse que ir estudar na Espanha fosse tão complicado assim?

Alinha acompanhar a história do rapaz de Recife?

Antonio Alfaro, tem 22 anos, solteiro, estudante de Administração e joga futebol nos tempos livres. O jovem teve alguns privilégios da vida quando o assunto é morar fora do Brasil. O futuro administrador de empresas é filho de um Salvadorenho e desde criança já interiorizava uma segunda língua no cotidiano, o castelhano. Com apenas nove anos, o Recifense viveu para a Barcelona por seis meses e depois de 13 anos o mundo conspirou a traze-lo as terras espanholas na altura da universidade. Voltar para este país ou qualquer outro do território Europeu foi uma oportunidade que muitos sonham realizar. Pergunto ao estudante como foi feito o processo seletivo para ingressar numa escola de ensino superior da Espanha, bem descontraído ele diz «foi feita uma prova escrita, uma avaliação oral e as notas do aluno», ou seja, não foi apenas a sorte que o encarregou, Antonio teve de mostrar os próprios esforços durante o percurso académico. O universitário de Recife disse que «sempre gostei de viajar e tive facilidade com línguas», o rapaz também domina no idioma Inglês e já estudou durante um determinado tempo nos Estados Unidos da América. Para o entrevistado um dos pilares importantes de quem realmente quer aprender uma língua estrangeira é tentar ter contato com os nativos da língua para aumentar o vocabulário, perceber o sotaques, assistir filmes e claro que estudar.

Na estadia pelo velho continente, Antonio aproveitou os tempos livres para conhecer novas culturas e viajou por vários cantos da Europa: Irlanda e Irlanda do Norte, Inglaterra, Escócia, Espanha, Itália, Holanda, Bélgica, Alemanha, Croácia, Grécia, Bósnia, Monte Negro e inclusive Marrocos que o fascinou.

Muito tranquilo o jovem  aproveita para deixar uma mensagem para os brasileiros que sonham com o intercambio pelo mundo «Vão se embora! Se eu tiver esta oportunidade eu faço tudo de novo. Viajar é tudo de bom».

Hoje em dia muitas faculdades estão com projetos ligados com universidades estrangeiras e é importante que o interessado procure informações nos serviços acadêmicos das escolas sobre a existência de intercâmbios, estágios ou programas extra curriculares.

IMG_0401IMG_0643

A história do Antonio enche os corações de inspirações, não é mesmo?

IMG_7776 (1)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s